Municipio
EXPOSIÇÃO DE FERNANDO SANTOS RETRATA DOENÇA E RECUPERAÇÃO DO AUTOR
04 de Outubro de 2019
0 comentários

CERCA DE 20 QUADROS COMPÕEM EXPOSIÇÃO, PATENTE NA CCT, ENTRE 7 E 26 DE OUTUBRO


Entre 7 e 26 de outubro, a Casa da Cultura recebe uma exposição de pintura, da autoria de Fernando Santos. “A segunda porta que deus me abriu” é o título desta mostra, que retrata o processo pessoal pelo qual o autor passou desde que lhe foi diagnosticado um cancro.

“A segunda porta que Deus me abriu” é o nome da exposição que Fernando Santos traz à Casa da Cultura, entre os dias 7 e 26 de outubro. Cerca de 20 quadros integram esta exposição intimista e com um caráter emocional forte, já que retrata a vivência pessoal do autor no processo de recuperação de um cancro.
            
Apesar da ligação familiar à pintura – o pai também pintava a óleo – Fernando Santos passou a pintar desde que lhe foi diagnosticado cancro na boca. “Depois de 45 sessões de radio e quimioterapia, Fernando Santos foi ainda submetido a uma cirurgia de 14 horas, da qual acordou e percebeu que não conseguia falar e não sentia o braço e a perna esquerdos: tinha sofrido dois AVC’s.” 

Impossibilitado de trabalhar, foi com o tempo livre e o incentivo da família que começou a dedicar-se à pintura a óleo. Apesar de ter feito já outras exposições, esta é a exposição com maior dimensão do autor, residente há 20 anos na freguesia de São Romão do Coronado.

A exposição tem entrada livre.

Comentários
Sem comentários
Publicidade
Vídeos
BELIVE TROFA 2019 - RESUMO
BELIVE TROFA 2019 - DIA 4
BELIVE TROFA 2019 - DIA 3