Municipio
Conto “O Senhor Rimas” de Sandra Santos arrecadou Prémio Matilde Rosa Araújo
19 de Novembro de 2017
0 comentários

O Conto “O Senhor Rimas” de Sandra Maria Cabral dos Santos, de Portugal  foi o grande vencedor da edição 2017 do Concurso Lusófono da Trofa – Prémio Matilde Rosa Araújo, tendo recebido um prémio de 2000 euros.
 
Os vencedores das várias categorias em destaque no Concurso, foram revelados no passado dia 18 de novembro, durante as Comemorações do 19º Aniversário de criação do Concelho da Trofa, no Auditório do Fórum Trofa XXI.
 
Além da presença do Vereador da Cultura, Renato Pinto Ribeiro e da Presidente da Assembleia Municipal da Trofa, Isabel Cruz, e de alguns elementos do júri de pré-seleção do concurso, participaram também na cerimónia o escritor Pedro Seromenho que faz parte do Júri Final do Concurso, ao lado de Ana Isabel Soares do Instituto Camões e de Jorge Velhote.
 
Esta cerimónia que relembrou a madrinha do Concurso Lusófono – Prémio Matilde Rosa Araújo e que conta com a parceria do Instituto Camões teve ainda a presença de um grupo de alunos do 4º ano, da Escola do Paranho, da professora Fátima Campos, da pianista e compositora Carla Neves, da cantora Mariana Salgueirinho, da percussão de Eduardo Martins e das bailarinas da Escola Passos de Dança.
 
Os restantes prémios deste Concurso Internacional também foram revelados a 18 de novembro, tendo sido atribuído o Prémio Melhor Ilustração Original 2017, no valor de 1.500 euros, a Dina Verónica dos Santos Lopes Sachse, e o Prémio Lusofonia 2017, no valor de 1000 euros, foi para o Conto “Menino de Água e Sal” da autoria de Roberto Luiz dos Santos Cardoso, do Brasil.
 
A Menção Honrosa 2017 – Prémio Matilde Rosa Araújo presente na cerimónia foi a Menção Honrosa de Moçambique, com o conto “Um Kambu não teme a nada” dos autores Cláudia Albertina Mateus e Bruno Eduardo Posso.
 
Durante a sessão, o Vereador da Cultura da Câmara Municipal da Trofa, Renato Pinto Ribeiro, deixou os parabéns aos premiados e lembrou importância desta iniciativa cultural, de âmbito internacional, salientando que “o facto de existir um Concurso desta natureza na Trofa, que começou em 2002 como concurso nacional, e se estendeu já em 2010, a todos os países de língua portuguesa, que já recebeu milhares de contos a concurso e, que já publicou e notabilizou vários autores é um orgulho para o Concelho e para Portugal”.
 
 

Galeria
Comentários
Sem comentários
Publicidade
Vídeos
Apresentação do Projeto Concelhio "Dispositivo de avaliação do estado das estradas" | OPJ Trofa 2021
Apresentação do Projeto Concelhio "Atelier do Samba" | OPJ Trofa 2021
Apresentação do Projeto Escolar "We Love Sports" | OPJ Trofa 2021