Atualidade
CÂMARA DA TROFA COM GESTÃO DIRETA DE ESPAÇOS DA IP PATRIMÓNIO
10 de Janeiro de 2020
0 comentários


AUTARQUIA CELEBROU ESTA SEXTA-FEIRA TRÊS CONTRATOS DE SUBCONCESSÃO

 

A Câmara Municipal da Trofa e a IP Património – Administração e Gestão Imobiliária, S.A. celebraram esta sexta-feira (10 de janeiro) três contratos de subconcessão de uso privativo, dois deles de terrenos e outro de parte de um edifício, localizados no Município. A chancela permitirá à autarquia uma gestão direta dos espaços, em benefício dos munícipes.

 

Depois de aprovadas por maioria na última reunião da Assembleia Municipal, realizada a 23 de dezembro, foram assinadas esta sexta-feira as minutas dos três contratos de subconcessão de uso privativo, que darão à Câmara Municipal da Trofa gestão direta de alguns espaços do concelho.

 

Os contratos foram celebrados entre a autarquia e a IP Património – Administração e Gestão Imobiliária, S.A. e significam, segundo Sérgio Humberto, um investimento com resultados positivos na qualidade de vida dos trofenses. “São três propriedades distintas, cada uma com um significado em concreto mas todas com um objetivo comum: a melhoria da qualidade de vida dos trofenses. Seja pela resposta à necessidade de mais estacionamento junto da Estação Ferroviária da Trofa, seja ainda pela criação de um novo parque infantil para as famílias”.

 

O primeiro contrato diz respeito à subconcessão de uso privativo de terreno adjacente à Estação Ferroviária da Trofa, de ambos os lados da linha do Minho. O terreno, do domínio público ferroviário, irá dar lugar a um novo parque de estacionamento junto à Estação, uma necessidade que se tem paulatinamente feito sentir, dada a crescente afluência de utilizadores deste espaço ferroviário, oriundos de diferentes concelhos.

 

A segunda minuta diz respeito à subconcessão de uso privativo de um terreno sito no Apeadeiro da Portela, na freguesia de Covelas, espaço onde a autarquia irá construir um novo parque de lazer, com espaço infantil.

 

Entre os contratos celebrados consta ainda uma subconcessão de uso privativo de parte do edifício de Passageiros da Estação Ferroviária de São Romão, pertencente ao domínio público ferroviário, que passará agora a ser de gestão direta da Câmara Municipal. A aquisição do espaço, que conta, diariamente, com a passagem de milhares de utilizadores, prende-se essencialmente com a necessidade de uma empreitada de requalificação e posterior manutenção do espaço.

 

 

Comentários
Sem comentários
Publicidade
Vídeos
BELIVE TROFA 2019 - RESUMO
BELIVE TROFA 2019 - DIA 4
BELIVE TROFA 2019 - DIA 3